Arquivo do mês: julho 2009

A Volta de Eliseu

Para Hideo, meu filho adolescente que atualmente só fala em sair de casa e que vive me alertando que não será o “meu filhinho” para todo o sempre. Até parece…
Rio Claro, 10 de Julho de 2009.

Cara Conceição,

Há quanto tempo não nos falamos! Como está, minha amiga? Geraldo está bem?

Estou te escrevendo porque preciso dividir com alguém tamanha alegria que sinto e me lembrei de você. A letra está tremida porque estou repleta de emoção: meu menino voltou para casa!

Eu levei um susto quando abri a porta e o vi. Como cresceu, Conceição! Ele chegou como essas crianças mesmo que aprontam, sabe?, e ficam com medo de apanhar. Com carinha de pobre-coitado. Pediu logo desculpas e me deu um abraço longo e muito apertado. Sempre soube que ele voltaria. Disse que veio para ficar e nunca mais me abandonar. Eu até agora estou sem acreditar.

Às vezes acordo, penso que foi tudo um sonho. Vou ao quarto dele e o vejo dormindo como um anjo! Eu sabia que Deus estava me ouvindo. Mas, o danado se descobre todo quando dorme, Conceição, acredita? Comprei para ele um pijama de calça e mangas compridas, e quem disse que ele gosta? Qualquer dia acorda resfriado.

Voltei a cozinhar todos os dias, a fazer feira toda semana… Como o meu filhote come, Conceição! Dá até prazer de ver! Essa idade eles precisam mesmo se alimentar muito bem. A tarde ele vai se encontrar com alguns amigos que já fez por aqui pela vizinhança.Eliseu sempre foi de se enturmar fácil desde criança! Mas eu fico preocupada…a gente ouve cada coisa na televisão. Falei para ele trazer os amigos para cá, para eles ficarem jogando aqui, mas acho que eles se sentem meio constrangidos com a minha presença. De qualquer forma, ele nunca volta tarde, pois, sabe que eu só durmo quando ele chega. Como amadureceu meu Eliseu, Conceição.

É, minha amiga, peço a Deus para me dar muita saúde para eu poder cuidar do meu filho. Agora que ele está aqui, esses anos que se passaram, quantos foram, Ceição?, Deus fez parecer visto de agora que foram apenas alguns dias. Isso está me confundindo. Agora, falando com você, fiz as contas… Ele saiu de casa logo depois que a aquela atriz loira e também muito bonita morreu. Lembra dela, Conceição? Mérilin Monrou. Não sei escrever em inglês, amiga. Isso foi em 1962. Eliseu, coitado, estava perdido com aqueles hormônios da adolescência. Ele sentia vergonha pelo fato d’eu ser mãe-solteira naquela época, lembra? O coitadinho deve ter passado muito constrangimento por minha causa. Quando eu fugi de casa para morar com o Odilon tinha a idade dele também. Ô idade de todo mundo fugir de casa, Ceição! Eliseu nasceu em 45, dois anos depois d’eu ter saído pela janela da casa do papai. Odilon, aquele sem-vergonha, me abandonou em seguida, lembra, Ceição? Minhas mãos tinham feridas de tanto lavar as roupas das madames. Era o único serviço que conseguia fazer sem desgrudar os olhos do menino. Mas Eliseu sempre teve o que comer em casa. Graças a Deus. Não quero mais fazer contas não, Ceição! O importante é que ele voltou, bem no ano em que Maikon Jeckison morreu.

Eliseu é assim, Conceição, como eu sempre te disse, quase uma estrela…

Beijos

Bernadete

15 Comentários

Arquivado em Conto, Crônicas, Educação, Filhos

Aiuto! Hilfe! Help! Ayuda!Tassukete!!!!

Esse texto foi escrito em Abril deste ano. Estava começando a aprender italiano. Obviamente nada sabia com menos de um mês de curso mas percebi que quase todas as palavras tinham “tt” ou “pp” e outras sutilezas. Munida de tal observação comecei a brincar com meus amigos e tive uma surpresa interessante com a reação de cada um. Resolvi, então, contar para vocês:

Io tengo una storia para contare per voi qui parece in otra linccua … ma qualoquê! Una storia squisitta pella manera qui è narratta aqüi ma que voi irono compreendere tutto!!!!
Tutto ha comenciatto quandi io ho entratto no corso de italiano in questo anno! Até questo giorno, io parlava bene portuguese e scrivia bene in nostra linccua, ma dopo das primas leziones algo straño mi ha aconteçatto! Un spiritto ha baixatto in me!!!! Io solo scrivo emeio allora para tutti mundi in otra linccua qui ni è italiano e ni portuguese! Las personnes pensono qui io sto metitta, qui voglio aparecere exibinto conhecimentto, qui scrivo di sacanagge perchè io sono una persona snob…questas cosas maleditas qui parlam por aí. Ma non percebono qui quasi tutti las paroles sono inventatta por una mente confusa i poco sabida.

O strano è qui cada uno mi risponde os emeios di una manera diferentte! Mia sorella Lydiane, medicologa di nostra famiglia, mi ha rispondatto in alemone! Io non entenditto niente do qui lei scrivatto! Mia mama (mia mama!!!! Qui nunca scrivere per me in portuguese!!!) mi ha rispondatto in italiano, ma un italiano bello qui parecia alemone o giapanesse perchè io non compreendi niente!!!! Mi fratello Tony foi lo únicco qui mi ha rispondatto in portuguese (???):

“- Ih ah lá! Caraca, show… Aí, se fez… Putz. Mandou. Pô, pirei! Cara, fui.”

Mi maritto (qui lavora embarcatto na plataforme di Petrobrás) ha pensatto qui io sto ficanto fera in un mês de corso, lui ficcou orgulhosso de mi, ha pensatto qui io sono molto inteligentte e mi risponde tutto los emaios in inglese para non ficare para trás. Otros amicos di mi cuore stono scrivendo in questa linccua (!) e há aquelles qui si calam per non entenderem qui cosa è questa. Alcunos non leem o emaio pensantto qui non vono intendere… Mia otra sorella stressatta Tatiana, qui io chiammo di Ta (dopo mi mandare à un lugare qui non vou parlare per voi), mi ha scrivatto in giapannese:

Tadaima!!!!Asobimasho!!!!!!!!! Konnichi wa!!!! Ogenki dessu ka???????
Yoshi, watachi wa onee-chan desu. Sugoi!!!!!
Kyoo wa ii tenki desu ne??????
Yattaaaaaa!!!!!”

Dio mio!!!! Io non entendi niente e ficquei preocupatta. Sue emaio tinha molto ponto de exclamazione e interrogacione! Ella stava con alcun problema i nencuno ha intendatto o qui era… Dopo de questo preocupantte emaio in giapanesse io screvi para Tatiana, Lili e tutta mia famiglia in portuguese-giapanese qui tutti loro intenderam i qui voi entenderono tambien:

Kommi wa masho ka: Tony e Takimoto-san! Ten aki femea tã be : Elika, Lili, Tadaiana e mama!

Ôgenki! Y a Ta! Dessu santo na Tadaiana! Kyô tenki ki fassoro??? Santo sugô shipiritô di Tadaiana!!!!! Kura Tadaiana, Lili-san-medikura-di-kassa!

Pero amô de Buda!”

Ma dai! Mi mama qui stava a bebere succo cuspiu tutti dopo lire questo emaio, saiu succo até pelo su naso di tantto rire de nervoso con tutti seus figlios straños.

E allora para tutto voltare ao normale??? Mi caxa di emaio virou la Torre de Babele i io non consico screvire diretto i nem intento niente qui me screvono.

La mente de las personnes sono molto squisittas…

7 Comentários

Arquivado em Crônicas, Educação, Humor