Não, vai ter Copa!

Agora que os investimentos já foram feitos, tanto o público quanto o privado, o que vocês querem afinal? Agora que os hotéis já aumentaram exorbitantemente o preço de suas diárias (será que vale protesto?), os turistas já compraram seus pacotes, as seleções até já reservaram seus locais de treinamento…. agora? O que vocês querem afinal com o seu hashtag nãovaitercopa? Torcer para que tudo dê errado? Para que?

Percebo que grande parte desse grupo anti-copa foi o mesmo que constituiu o gigante acordado andando pelo Brasil tipo um godzilla bêbado. Uma das coisas que já vi até cansar pelas redes sociais e comprova que esse movimento é, para dizer o mínimo, movido por pessoas altamente desinformadas e mal intencionadas, é o caso-Ronaldo-Fenômeno. A foto dele e o vídeo já obtiveram sei lá quantos compartilhamentos. Sendo que ambos, foto e vídeo, foram retirados de contextos. Ora, pessoas, uma coisa é ser burro, outra é ser um completo boçal. Será que ninguém desconfiou que Ronaldo que sempre foi tão bem assessorado não se enquadraria mesmo se ele quisesse na segunda opção? Em tempo, o que ele disse: “A Copa é uma incrível oportunidade para o Brasil. Chance de atrair atenção, investimento, turismo e mais mil coisas. Mas isso não obriga a deixar de investir em questões sociais prioritárias como saúde, educação, transporte, segurança. Afinal, não temos Copa do Mundo desde 1950 e não foi por isso que atingimos excelência em nenhuma dessas causas”. Mas isso a Globo não mostra! como vcs mesmos dizem…

Percebo jovens animados em mudar o Brasil. Que bom! Que bom! Percebo latente nessa juventude, algum desejo de transformação e uma sensibilidade aguda para a história. Contudo, é preciso que todos aproveitemos o momento para ‘aprender ‘com a dinâmica da história que está fluindo sob os fatos mais evidentes que a grande mídia tem transformado em ‘oportunidade’, sempre adequando o movimento aos seus próprios interesses. Como assim “não vai ter Copa!” nessa altura do campeonato vai contribuir para que melhoremos? Doce ilusão daqueles que dizem que com a internet o povo deixou de ser manipulado e anda bem informado…

Vejo um grande movimento tentando disseminar raiva, ódio e muitas das vezes com inverdades, tais como as palavras descontextualizadas de Ronaldo. A campanha está tão evidente que quem se vestir com a camisa do Brasil em dia de jogo está, desde já, sendo taxado de alienado, burro, conformista por gostar de futebol e torcer para a seleção. Relo-ou! Entre torcer tanto para que as coisas deem certo como para a seleção brasileira e compactuar com as mazelas que persistem e precisam ser superadas há uma grande diferença! Igualá-las? Para que? Melhorar o país?

Ora, ora…

Vocês que são contra a Copa porque somos um país com outras prioridades e torce para que o evento seja um vexame… vexame para quem? Para a Alemanha? Para a Itália? Para os Estados Unidos??? Para o Japão??? Para a França??? Poupe-me. Leiam os notícias internacionais e depois discutiremos a sério o termo “desenvolvimento”. No mais, os problemas do Brasil foram causados e vão piorar com a Copa???

Para quem fica gritando aqui que precisamos de hospitais e escolas e não de estádios algumas perguntas: Por que não gritaram antes, Pelo menos quando fomos escolhidos para sediar o mundial? Teria sido ótimo se esses patriotas tivessem agido há sete anos, quando o Brasil se candidatou à sede da Copa. Aquele foi o momento certo de tentar impedir a Copa e seus gastos, não? Por que se calaram na época? Vocês sabiam que 70% dos gastos da copa não são para construção de estádios? O maior gasto da Copa não é em estádios. Quem acha diferente está desinformado e desinformando outras pessoas. Mas tudo bem, você dirá que é para maquiar o país com obras urbanas, aeroportos, segurança pública e por aí vai. Respeito quem, de fato, está se preocupando como a realização do evento está sendo e será conduzida, pois, esta também é uma de minhas preocupações. Esses, assim como eu, reconhecem que a aversão à realização da Copa do Mundo no Brasil passa por um questionamento muito mais complexo: qual o custo do alegado sucesso desse evento para a população brasileira? Essa é uma excelente questão e pouquíssimo explorada em qualquer compartilhamento que vejo por aqui e em outras redes sociais.

Alguém aqui já ouviu falar da medida que foi aprovada pelo Congresso que limita o tempo de mandato de dirigentes esportivos e que obrigará entidades a prestar contas, em meios eletrônicos, sobre dados econômicos e financeiros, contratos, patrocínios, direitos de imagem e outros aspectos de gestão? Não, né? Quem foi o responsável por essa medida? Alguém sabe? Estranho… Vocês sabiam que os coordenadores de cobertura da Copa do JN foram orientados a transmitir a repórteres e editores a mensagem de que a Copa e a seleção brasileira são uma paixão nacional, mas que irregularidades deverão ser denunciadas e “pautas positivas” deverão ser evitadas, a não ser que “surjam naturalmente”? Perceberam que as reportagens que mostram como a Copa está beneficiando grupos de pessoas, como os comerciantes vizinhos a estádios, já não estão sendo mais produzidas nos jornais? Por que será? Esquisito, não?

Vocês não são contra a Copa, todos sabemos. Mas ainda assim estão muito preocupados com a situação das escolas e dos hospitais públicos, não? Pois muito bem, vocês sabem quanto foi investido em saúde e educação? Sabem me dizer se um gasto (com educação e hospitais) está atrelado ao outro? Você acha que a verba da copa está saindo da Saúde e da Educação e por isso bate perninha dizendo que não vai ter Copa? Uma dica: procure saber sobre o valor da arrecadação de impostos do governo federal brasileiro no ano de 2013, de 2012 e de 2011. Depois veja a Educação. Veja quanto o governo federal repassou a Estados e municípios, através do FUNDEB, para investimentos na Educação Básica. Faça as contas, cruze os dados. Avalie, sim? E que tal lutar pela aprovação do Plano Nacional de Educação, pelo cumprimento do piso salarial nacional dos professores, pela fixação de percentuais mais elevados e progressivos de financiamento público para a saúde e pela regulação mais firme sobre os planos de saúde? Uma boa, não?

Deixe um comentário

Arquivado em Opinião

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s