Aplausos para você.

img_20171209_223735_7801915978433.jpg

Minto se dissesse que torcia
Para tudo isso um dia acontecer
Peregrinava nos sertões sem poesia
Me entranhava nas veredas do viver
Confesso. Não sabia o que queria
Nem sonhava com o metafísico aparecer
Virei cigana, em muitas mãos seguraria
E largaria todas antes de conhecer
Quem me mostrou a noite virando dia
Com um beijo que jamais quero esquecer
Doeu tudo por não usar anestesia
E de miserável com seu carinho enriquecer
Assusta de perto e, se distante, que agonia
Pois amor quando gigante ao florescer
Faz escrever  sobre o que ontem eu sequer lia
Ao me transformar pelo todo do seu ser
Meus aplausos de onde estiver são cantoria
Que emergem do meu corpo para você.

3 Comentários

Arquivado em Crônicas

3 Respostas para “Aplausos para você.

  1. Republicou isso em E, Terna Luze comentado:
    Elika Takimoto

    Curtir

  2. Já vi um canto bonito mas, tão poético, tão celebrativo, tão encantador como esse, não me lembro de ter visto.
    Fico feliz por você tirar de si algo tão belo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Taline Kihara

    Que lindo!

    Curtido por 1 pessoa

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s