Socorro! A pesquisa no Brasil não pode morrer!

img_20180802_162038_6516347072526537402963.jpg

Socorro!

A proposta orçamentária feita pelo ministro da Educação Rossieli Soares acaba com TODA a pesquisa do país. Estou exagerando? Nananinha.

Foi repassado agora à CAPES (Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior) um teto limitando ainda mais o seu orçamento para 2019. Há um corte ainda maior feito em relação a 2018! Quando pensamos que não dá para piorar, o chão se abre sob nossos pés.

Que fique claro: O ofício do CAPES que alerta sobre a paralisação da pós-graduação em 2019 – cujo link segue abaixo – é consequência da PEC do Teto de Gastos. Alertamos de todas as formas que essa legislação absurda inviabilizaria a educação, a saúde e a pesquisa. Tem saída? Sim. Derrubar esse teto.

Para que TODAS as bolsas de pós-graduação não sejam cortadas em agosto de 2019, a Capes precisa de R$ 300 milhões. Para se ter uma noção se há ou não dinheiro para isso, Temer gastou mais de 800 milhões em emendas parlamentares pra convencer os deputados aprovarem essa maldita PEC.

Sabe o que vai acontecer se isso não for revogado? A suspensão de TODOS os pagamentos para bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir de agosto de 2019! Serão quase 100 mil discentes e pesquisadores interrompendo a pesquisa!

Acabou? Não!

Teremos a interrupção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), do Programa de Residência Pedagógica e do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). Também será interrompido o funcionamento do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e dos mestrados profissionais do Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Rede Pública de Educação Básica (ProEB)!

Pessoas lindas, foco aqui: não haverá pagamentos para os profissionais que atuam pela pesquisa em Educação no país no ano que vem! Serão fechados 750 cursos (mestrados profissionais, licenciaturas, bacharelados e especializações) pelo Brasil!

Um corte orçamentário desse tamanho acabará com a nossa soberania. Quem vai respeitar um país que não valoriza a pesquisa?

Serão “só” os profissionais que não terão mais pagamentos que serão prejudicados? Ledo engano. Todos nós seremos! Como viver sem ciência? Como sobreviver sem estudo? Como crescer fazendo um corte tão profundo na Educação? Como iremos evoluir como sociedade sem pesquisa? Como iremos curar as nossas doenças? Como iremos cuidar do nosso meio ambiente?

Todas as pessoas que valorizam a pesquisa precisam se voltar com seriedade para essa causa. Necessitamos de uma ação urgente do Ministro da Educação para continuarmos vivendo de forma digna e seguirmos tendo orgulho do que produzimos neste país.

Um país sem pesquisa é um país sem respeitabilidade, sem brios, sem excelência.

Socorro…

———

Segue o documento:

https://sei.capes.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=documento_conferir&codigo_verificador=0746852&codigo_crc=6755A444&hash_download=ef5e65b749e9b6a0c124c56e438345f0dbb86d4b097fccd29f4b4221365642ee971b5a5e507aea925d83d67d1d4d79f08696fa5be30b507aa19122ff68c396a9&visualizacao=1&id_orgao_acesso_externo=0

3 comentários em “Socorro! A pesquisa no Brasil não pode morrer!

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s