Não. Não tem sido fácil.

screenshot_20180822-191734_facebook755409476504068432.jpg

Não. Não tem sido fácil. Não tem sido fácil deixar Yuki em casa. Não tem sido fácil estar longe das salas de aula. Não tem sido fácil não ter hora para dormir (mas ter sempre hora para acordar). Não tem sido fácil defender a democracia nas ruas. Não tem sido fácil lutar pela qualidade do ensino público. Não tem sido fácil parar de escrever e deixar de ler meus romances. Não tem sido fácil ficar longe do meu namorado. Não tem sido fácil ouvir todo santo dia que alguém está decepcionado comigo porque agora deixei de ser entretenimento e firmei meu posicionamento político.

Mas tem sido lindo e eu me guio pela beleza que se manifesta na forma de aprendizado. Não tenho mais o giz na mão, mas o microfone por onde tenho tido a minha voz amplificada. Não tenho mais alunos na minha frente, mas tenho andado ao lado de grandes professores e professoras que me ensinam como me posicionar corretamente na trincheira. Não tenho mais paz, mas essa eu já não tinha mesmo desde que esse golpe foi dado e o povo perdeu seus direitos, a fome voltou a crescer e a desigualdade social, a aumentar.

Hoje estive na Central do Brasil ao lado de grandes soldados. Conheci a presidenta nacional do partido, Gleisi Hoffman, que me disse que já me seguia há tempos. Quanta honra a minha. Conheci o famoso TromPetista que tem corrido o Brasil todo para mostrar pelo seu instrumento a importância de termos Lula como presidente.

Não. Não tem sido fácil. Eu sabia que não seria pois Lula mesmo me alertou. E por isso estou aqui. O desafio me fortalece e com o pouco que já vivi, tendo tempo, já possuo material para escrever mais um livro.

Tornei-me também uma ideia, assim como Lula. Além de nome, agora tenho um número: 13(021), a candidata a deputada estadual pelo Rio de Janeiro.

#mulheresnapolítica
#meuvotoseráfeminista
#Lulalivre

10 comentários em “Não. Não tem sido fácil.

  1. Elika,
    Não quero ser mais um a te fazer recomendações, mas sugiro que sua campanha crie uma maneira de receber apoio financeiro, como algumas candidaturas do campo da esquerda tem feito. Gostaria de contribuir com sua campanha.
    Abraço e força.
    Marcos

    Curtir

  2. Prepare-se porque este é só o começo. A luta continua sempre. Ser professor neste país não tem sido fácil, mas façamos a diferença, sempre, na vida das pessoas. Não viemos ao mundo a passeio. Força na luta!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Prezada Elika, boa tarde e muita força!!! Gostaria muito de votar no estado do Rio, pois você já foi eleita por mim há muito. Por ora, somente agradeço por você existir e ter grandeza de espírito para se expor e lutar e demonstrar para muitos incrédulos e manipulados que política se faz com pessoas, e você, apesar de bem mais nova do que eu, é um imenso exemplo para mim.
    Deus a abençoe, muita força e mais sucesso ainda!
    Sidnei, seu fã (não ainda, eleitor)!

    Curtido por 1 pessoa

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s