Pelas ruas de Copacabana

Avenida_Nossa_Senhora_de_Copacabana_(1)

Estou fazendo hora pelas ruas de Copacabana enquanto Nara e Hideo, meus filhos artistas, passavam o som antes do espetáculo.

Parei na rua para olhar uma coisa estranha tipo um homem moreno muito alto com um corpo lindo, uma sunga bem cavada e um cabelo bem grande quase até o joelho. Enquanto estou terminado meu sorvete e pensando na petulância do cavalo, ouço um mendigo falando no celular:

– Cara, isso aqui é ótimo. Hoje teve bloco na rua. Me distraí a beça. E para dormir na rua é melhor também. Super seguro. Tenho dormido sempre em frente à Pacheco na Nossa Senhora de Copacabana. Não. Não. Isso não. A galera daí é mais ser humana. Aqui os morador trata mal nóis. Tem sim. Viado a dar com o pau. Mas deixa eles. Eles não fazem mal a ninguém não. Vem pra cá, cara…

Ah gente… Eu não meu aguentei.

– Oi. Não pude evitar e ouvi sua conversa… O seu amigo dorme na rua igual a você?

– Dorme sim senhora. Lá em Madureira. A senhora conhece?

– Durmo lá também… Mas meu sonho é dormir por aqui…

– Só chegar, dona. – ele me falou sorrindo desdentadamente.

– Seu amigo estava falando do celular? – continuei a conversa.

– É.

– Onde vocês carregam a bateria?

– Na padaria. Sempre na padaria… onde nóis toma café.

E ficamos um tempo batendo um papo interessante.

Enfim, enquanto espero, as coisas vão acontecendo e eu escrevendo… aff… perdi o moreno excêntrico de vista…

3 comentários em “Pelas ruas de Copacabana

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s