Arquivo da categoria: vídeos

Signos do Maníaco (vídeo)

Algumas crônicas minhas serão filmadas. O primeiro resultado foi esse. Espero que curtam!

1 comentário

Arquivado em Crônicas, vídeos

Balanço Geral

IMG_0301

Hoje a postagem vai ser um pouco diferente. Vou lhes contar uma história que está somente começando:

Nara, minha filha adolescente, que já apareceu em N textos aqui no Minha Vida é um Blog Aberto, canta. E muito. Como um passarinho que vê a primavera. Desde os seis anos toca piano e desde os quinze já canta em público, digo, para os amigos. Eu, de forma despretensiosa, sempre gravei e compartilhei vídeos dela na internet no intuito de dividir felicidade, pois, todos sabemos que felicidade dividida é felicidade multiplicada.

Seguem abaixo os links com alguns vídeos que fizemos da Nara. Eu os organizei em ordem cronológica, então, tecnicamente eles vão melhorando na ordem dos vídeos.

Esse foi o primeiro que fizemos dela. Ela tinha 14 anos e nunca havia tido aula de canto. (Música: Mambembe de Chico Buarque)

https://www.youtube.com/watch?v=fmc3LODAsFw

Essa foi a primeira vez que ela se apresentou em público no auditório do CEFET. Nunca havia tido aula de canto. A galerinha aplaudiu de pé. Daí eu vi que ela emocionava muito a platéia. A partir desse dia, ela tomou gosto por se apresentar em público (Musica: Deixa de Vinícius de Moraes):

https://www.youtube.com/watch?v=sV8R_KI_bcA

E como eu gosto de inventar, mesmo sem ela “saber cantar tecnicamente” eu já criava uns videozinhos com ela aqui de brincadeira (música: Lisbela de Los Hermanos):

https://www.youtube.com/watch?v=cqCAegrWw50

Esse foi outro que fizemos (música: Valsa dos Clowns de Chico Buarque):

https://www.youtube.com/watch?v=kNIdSaxhEcA

Mais um. Neste, dá para ver bem como ela é teatral (música: Violeira de Chico Buarque):

https://www.youtube.com/watch?v=vksMXVtvARw

Esse foi em uma festa. Sempre somos convidados para tocar em festas de amigos e essa foi uma apresentação que emocionou muito a platéia (Música: Escravo da Alegria de Toquinho e Vinícius de Moraes):

https://www.youtube.com/watch?v=sTrCs14kmw8

Esse foi o tecnicamente mais perfeito, já resultado das aulas de canto. Ela estuda com Chiara Santoro no estúdio VOCE (Música: Vida de Chico Buarque):

https://www.youtube.com/watch?v=RowmUf0Yu24

Nada que se equipare em vê-la cantando ao vivo. Por onde ela passa, Nara emociona e muito. Fiz, porém, um vídeo que acabou viralizando na web. Estávamos passeando em Minas em uma fazenda quando percebemos que as vacas estavam nos olhando. Eu, sempre com a câmera em riste, falei para a Nara cantar. No mínimo, teríamos um vídeo engraçado:

Este último vídeo viralizou nas redes sociais, como já disse. Pelo fato da Nara ser vegetariana, primeiramente, ele caiu na graça dos sites que defendem os animais. Logo depois, o Não Salvo fez um péssimo uso do vídeo sem a minha autorização. Compartilhou na página deles Nara cantando para as vacas, mas debochando da “nossa ignorância”. A postagem foi tão grosseira que acabou dando espaço para que pessoas que não nos conhecem proferissem até palavrão contra nós. Xingaram a minha filha, vejam vocês, por causa de um vídeo pleno de beleza e alegria como esse. Mas… acabou que isso deu mais ibope para a gente e o Jornal Extra pediu para mim autorização para compartilhar este último vídeo na página deles. Autorizei. Logo vieram mais xingamentos. Daí, então, munida de uma intuição-porreta, fiz um comentário dizendo que sou a mãe da Nara e que o intuito do vídeo era tão somente divertir e emocionar. Se havia gente incapaz d e perceber e se irritar com isso, paciência.

A postagem deles com o vídeo da Nara cantando para as vacas bombou mais do que reportagem da Dilma e de outros artistas (está lá, só conferir)! Ao perceber tamanho alcance, a rede Record entrou em contato comigo (por causa do comentário no Jornal Extra em que havia me retratado como mãe da Nara) pedindo autorização para fazerem uma matéria com a gente para a Nara e eu contarmos a história do vídeo. Ao final da matéria, levariam a Nara para um outra fazenda para ela cantar para mais vacas e ver se o efeito seria o mesmo. Essa seria a brincadeira/desafio.

Aceitei com uma condição: que deixassem Nara cantar uma música ao vivo no meio da reportagem. Condição aceita, tudo agendado. A equipe viria aqui em casa para fazer a primeira parte da matéria.

Porém, quando o repórter Rael Policarpo aqui chegou, admirou-se com a família de músicos que tenho. O pai, que sempre toca ao lado dela, estava com o violão assim como Hideo, meu filho bacharel em guitarra. Yuki, meu caçula de oito anos no pandeiro e a festa, então, estava feita. Rael mudou o foco da matéria na hora dizendo que o vídeo ia ser da família como um todo.  Belezura.

zcnbvzbcvzer  zhfg znvb

Foi chegado o momento que eu havia pedido: Nara cantaria uma música ao vivo. Terminada a música (eu completamente emocionada derramando lágrimas e mais lágrimas sinceras que levantarão, certamente, o ibope do programa), o repórter Rael Policarpo se surpreendeu mais uma vez. Disse que Nara é algo muito maior do que eles estavam imaginando. Ele, então, ligou para a produção relatando o que havia acabado de ver e sentir. A produção, a seguir, me pediu vídeos dela (que foram esses que coloquei no início dessa história para vocês) para eles avaliarem.

Vídeos devidamente assistidos e o convite para que participemos ao vivo diretamente do estúdio surgiu. Neste instante, as vacas já ficaram em segundo plano. O programa vai mostrar a Nara! Muuuita emoção aqui. Ainda assim, para continuar a brincadeira, fomos para uma fazenda em Itaguaí gravar a segunda parte da matéria.

Na van já tivemos várias gravações.

zbvc

Yuki, vejam vocês, aproveitando a oportunidade, resolveu fazer uma entrevista com o entrevistador Rael Policarpo​ na van para o Canal dele no YouTube. Os rapazes não acreditaram em tamanha fofurice e gravaram a nossa gravação da reportagem sobre o repórter e, depois, Yuki Câmara entrevistou o câmera Teixeira. 🙂  Se vocês quiserem conferir como ficou tudo isso…

Chegamos, então, na fazenda e a brincadeira continuou:

zbvxc
zcx
zde
zqwe
zx
zxcv zxcvb

Por enquanto é isso, o resto será ao vivo.

SEXTA, dia 7, na Record, de meidia às 14:30h, no Programa Balanço Geral.

O que vai vir depois disso, como diz o mestre Rubem Alves, só o futuro dirá.

Era isso. Queria compartilhar com vocês tamanha experiência e emoção. Afinal, Minha Vida é um Blog Aberto.

Agradecimentos para lá de especiais ao repórter Rael Policarpo por ter aberto essa porta.

2 Comentários

Arquivado em Filhos, Nara, vídeos

Férias Corridas

Tirei uma semaninha com meus filhos de férias. Os três aparecem em muitos textos aqui no Minha Vida é um Blog Aberto. Fomos a Florianópolis e fizemos um álbum meio diferente:

Espero que curtam o nosso curta!

Beijo procêis!

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas, Hideo, Nara, vídeos, Yuki

E foi assim que meus filhos aprenderam a cantar:

2 Comentários

Arquivado em Filhos, Humor, vídeos

Consegui ser a moça do tempo no JN!!!!!!

Nuvens carregadas que avançam do mar para o continente que são conhecidas como Ondas de Leste estão espalhadas entre Alagoas e o Rio Grande do Norte, com potencial para provocar chuva forte e volumosa. As nuvens tropicais associadas ao ar quente e úmido seguem concentradas no centro-norte do Amazonas e do Pará, em Roraima e no Amapá.

Uma frente fria que avança entre o Paraguai e o Brasil espalham nuvens carregadas de Santa Catarina ao sul do Acre.

As demais áreas do País seguem sob a influência de uma forte corrente positiva em prol da recuperação do nosso goleiro Júlio César que inibe a formação de uma frente ofensiva oriunda do país vizinho alterando o clima de todo Brasil.

Neste sábado, uma grande massa de ar seco predomina sobre o Sudeste deixando o tempo aberto e a temperatura alta na maior parte da Região.

O dia começa com muitas nuvens no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, mas o sol aparece no decorrer do dia.

Da capital de São Paulo o sol aparece com força, mas surge um furacão corintiano que deve se mostrar com uma leve brisa ao final do campeonato abrindo espaços para os raios ensolarados do Mengão.

A umidade fica alta durante todo o final de semana em virtude da choradeira dos adolescentes ao final da saga de Harry Potter.

9 Comentários

Arquivado em vídeos

Homenagem ao caçula

Esse vídeo foi feito em homenagem aos 4 anos do Yuki. Músico de nascença.
A primeira música, Chula Cortada cantada por Pedro Miranda, foi escolhida pelo fato dela ser atualmente a música preferida do Yuki. Ele a canta e a ouve 547 vezes por dia. A segunda música do vídeo tem outra história. Quando ele  ouviu pela primeira vez Adriana Calcanhoto cantando Poeta Aprendiz de Vinícius de Moraes ele disse que essa era a música dele. Feita para ele. Quem sabe será mesmo???
Com vocês, o MEU, o SEU, o NOSSO YUUUUUUUUKIIIIIIIIII!
“Por isso fazia
Seu grão de poesia
E achava bonita
A palavra escrita
Por isso sofria
De melancolia
Sonhando o poeta
Que quem sabe um dia
Poderia ser”

9 Comentários

Arquivado em vídeos

Genebra

Hoje, 8 de Setembro de 2010, tivemos a tarde para conhecer Genebra. Na verdade, os portugueses que organizam esse encontro fizeram desse passeio uma brincadeira chamada “ Caça ao Tesouro”. Dividiram-nos em grupo, deram-nos uma folha com várias perguntas e deixaram-nos no centro de Genebra. O final do roteiro era um hotel onde passamos parte da noite regada à música típica e fondue.

Conhecer o CERN, que é o maior laboratório já construído na história, é uma experiência e tanto. Impossível olharmos para esses mega equipamentos com toneladas de fios por todos os lados impregnado de tecnologia de ponta a ponta sem nos emocionarmos, sem refletir sobre o que é a mente humana e do que somos capazes quando juntamos forças. Andar por Genebra, no entanto, não foi diferente. Deparar-se com uma cidade construída no século XII, com as Igrejas imponentes, passar na rua onde morou Rousseau…haja coração para tamanha emoção.

Agora, então, vou contar para vocês a aventura que foi esse passear pela segunda maior cidade da Suíça e uma das cidades com melhor qualidade de vida do mundo! Na verdade, todo o meu grupo de 10 pessoas se perdeu, e no final conheci Genebra com Soraia, professora de física de Niterói, e Izabel, de Santa Maria. Simplesmente uma aventura inesquecível que com palavras e mesmo com fotos, com certeza, não conseguirei reproduzir em toda a sua magnitude.
Vamos?

Descemos na estação “ Cornavin” e andamos (sempre andando a partir de agora) até a Ponte Mont Blanc, uma das perguntas era descobrir quem estava olhando o lago no Quais de Bergues.

A vista de Rousseau é maravilhosa. Cá está:

O que ele está vendo é a Pont de la Machine. A máquina original servia para bombear água para as casas locais. Hoje, aquele casarão que Rousseau olha, transformou-se no Bureau de Tourisme de Genebra.
No caminho, deparamos com esses ambientes pra lá de acolhedores.
Nessas horas, esquecíamos de que havia uma cidade a ser percorrida a pé e fizemos parte da paisagem por mais tempo de que deveríamos.
Tínhamos que descobrir quais são as bandeiras que alternam na Rue de la Corraterie. As lojas nessa rua são caríssimas, na verdade, aqui tudo é caro, mas ela consegue superar o que para mim já era um exagero nessa terra.
O bom é que lá no final, deparamo-nos com a Place Neuve, onde encontramos o General Dufour, sentado no seu cavalo olhando o belíssimo Conservatoire de la Musique. Quando ele foi fundado? Era a pergunta da vez. Estava escrito MDCCCXXXV. Para quem não perdeu a aula de algarismos romanos…
Por alguns segundos o general ficou me olhando.

Entramos agora no Parque de Bastions, jogamos uma partida de xadrez e continuamos.

Nesse parque, encontram-se os principais edifícios da Universidade de Genebra. Lembrei-me da UERJ:

Esses são os quatro gigantes da Reforma. Quem são eles?

Uma vista de arrepiar!
Estamos entrando na Cidade Velha de Genebra. As estreitas ruas da Genebra medieval podem ser visitadas tranquilamente a pé.

Palmas para Izabel que conheceu tudo de botas, elegantésima e não reclamou nadica de nada de cansaço! Uma força invejável.
Estamos entrando no Hotel de Ville. No verão fazem concertos ao ar livre no pátio do hotel.
Uma vez lá dentro, não sabemos se olhamos pro chão, para as paredes ou para o teto.
As flores dão um colorido especial e estão por todos os lados.

Essa aí embaixo é a Grand Rue, local onde Jean-Jaques Rousseau nasceu:

Passamos em frente da Maison Tavel, a casa mais antiga de Genebra.

Atualmente, essa casa virou um museu. Mas claro, como só tínhamos uma tarde para fazer o diabo do roteiro, não entramos em museu nenhum. Continuando, nos deparamos com a Cathedrale Jean Pierre. Haja coração para a vista.
Não chegamos a tempo de subir no alto da torre. Mas entramos…
Lindo demais, concordam? Bom, seguindo fomos parar na praça Bourg du Four, onde paramos, descansamos, tomamos sorvete, eu, refrigerante e Izabel e Soraia, uma cervejinha no La Clemence e continuamos a nossa peregrinação um tanto quanto agradável.
Essa é a vista chegando a praça.

Esta é a indo embora…

Cansados? Nós não, ainda bem porque ainda havia muita coisa a ver. Fomos dar uma olhada no Museu de Arte e História.
De onde eu estava, se olhasse para o lado via a Igreja Ortodoxa Russa, decorada com cebolas douradas.
Espetáculo, não? Continuando…conforme íamos andando de vez em quando deparávamos com fontes. Quando é um leão quer dizer que a água é potável. E quando é outro bicho eu não sei e nem vi.
Agora chegamos ao ponto mais famoso de Genebra o Jato d´água. Jet d´Eau. O jato de água lança 500 litros de água por segundo a uma altura de 140m!!! No verão, ele funciona até às 23h.
Eu nem estou feliz aqui. Apesar de estar cinco horas andando carregando 6 quilos de chocolate, cadê o cansaço que não aparece?
Já estava ficando escuro, mas mesmo assim resolvemos sentar para admirar a vista.
Nada mal, não? Havia mais caminhos a percorrer, mas resolvemos ficar ali mesmo por mais tempo vendo o Sol se por e dali partimos para o hotel Edelweiss, onde chegamos quase 21:00h. Lá, passaríamos uma noite regada a música, a fondue, danças e muitas mas muitas risadas.
Voltando, lá pelas tantas, enquanto esperávamos nosso ônibus ainda sobrou energia para gravarmos esse vídeo altamente explicativo do que estamos aprendendo no CERN.

10 Comentários

Arquivado em CERN, fotos, vídeos