Perguntas que farão qualquer um se apaixonar. Ou não.

aprenda-aqui-a-se-desapaixonar-em-5-passos.jpg

Há um estudo feito por não sei quem que foi publicado em várias revistas que dá uma fórmula de como podemos fazer uma pessoa se apaixonar por nós. Basta fazer algumas perguntas e ouvir atentamente a resposta, digamos em uma linguagem moderna, do crush.

Carente que sou, pensei logo em ler essas perguntas para alguém. Mas, depois, bem mais equilibrada, refleti: se o entrevistado me devolvesse o questionário, o que eu responderia? E cheguei a conclusão que, se ele estivesse enamorado pelo interrogatório que fiz, iria se desapegar na hora voltando pela mesma via.

Hoje, particularmente, seria desastroso. Não estou em um dia bom. De segunda a sexta costumo ser assim. Sábado geralmente piora. Mas hoje, especificamente, está mais difícil que o domingo.

Amanhã meus três filhos vão viajar com o meu ex-marido e eu estou fora dessa farra sentindo-me altamente desnecessária para o universo. Sei que não é nada disso que bababá bububú que todo mundo me ama mas, a verdade é que fiquei de fora da festa quer eu mereça quer não. E tenho que lidar com isso.

Isso posto, vejamos a cara do lindo enfeitiçado por mim me fazendo as mesmas perguntas querendo que eu me encante por ele também:

– Se pudesse escolher qualquer pessoa no mundo, quem convidaria para jantar?

Hideo, Nara ou Yuki. Qualquer um dos três.

– Gostaria de ser famoso? De que forma?

Sim. Com Hideo, Nara e Yuki ao meu lado.

– Antes de fazer uma ligação telefônica, você ensaia o que vai falar? Por quê?

Pergunta para Nara. Ela sabe bem…

– Para você, como seria um dia perfeito?

Com Hideo, Nara e Yuki.

– Quando foi a última vez que cantou sozinho? E para outra pessoa?

Eu nunca estou só. Sempre tenho, ao menos, um dos três comigo. Ontem mesmo cantei para Hideo, Nara e Yuki.

– Se pudesse viver até os 90 anos e ter o corpo ou a mente de alguém de 30 durante os últimos 60 anos de sua vida, qual das duas opções escolheria?

Não entendi a pergunta. Não consigo responder usando Hideo, Nara e Yuki.

– Tem uma intuição secreta de como vai morrer?

Não. Sei que Hideo, Nara e Yuki não podem ficar sem mãe. Ou podem? Podem…

– Diga três coisas que acredita ter em comum com seu interlocutor.

Hideo, Nara e Yuki.

– Por quais aspectos de sua vida você se sente mais agradecido?

Hideo, Nara e Yuki.

– Use quatro minutos para contar a seu companheiro a história de sua vida com todo o detalhe possível.

Nasci. Cresci e fiz Hideo, Nara e Yuki. Eles vão viajar juntos e sem mim.

– Se amanhã pudesse se levantar desfrutando de uma habilidade ou qualidade nova, qual seria?

Poder passar a próxima semana com Hideo, Nara e Yuki.

– Se uma bola de cristal pudesse contar a verdade sobre você, sua vida, o futuro ou qualquer outra coisa, o que lhe perguntaria?

Tenho medo de fazer perguntas sobre o futuro.

– Há algo que há muito tempo deseja fazer? Por que ainda não fez?

Viajar com Hideo, Nara e Yuki. Dinheiro.

– Qual é a maior conquista que conseguiu em sua vida?

Hideo, Nara e Yuki.

– O que mais valoriza em um amigo?

Gostarem do Hideo, da Nara e do Yuki.

– Qual é sua lembrança mais valiosa?

Hideo, Nara e Yuki.

– Qual é sua lembrança mais dolorosa?

Amanhã poderei responder.

– Se você soubesse que vai morrer daqui a um ano de maneira repentina, mudaria algo em sua maneira de viver? Por quê?

Ficaria mais com Hideo, Nara e Yuki. Porque amo Hideo, Nara e Yuki.

– O que significa a amizade para você?

Entender que amo Hideo, Nara e Yuki.

– Que importância tem o amor e o afeto em sua vida?

Me fazerem sofrer. Vide agora.

– Complete esta frase: “Gostaria de ter alguém com quem compartilhar…”.

Hideo, Nara e Yuki.

-S e fosse terminar sendo amigo íntimo de seu companheiro, divida com ele ou com ela algo que seria importante que ela soubesse.

Sou dependente de Hideo, Nara e Yuki.

– Divida com seu interlocutor um momento embaraçoso de sua vida.

Hoje. Hideo, Nara e Yuki vão viajar e eu não.

– Há algo que seja muito sério e que não se deve fazer piadas a respeito?

Hideo, Nara e Yuki.

– Se fosse morrer esta noite sem possibilidade de falar com ninguém, o que lamentaria não ter dito a uma pessoa? Por que não disse até agora?

Hideo, Nara e Yuki, não vão pelamordedeos. Porque é maluquice isso. Sou louca, mas sou consciente da minha doença.

– Sua casa está pegando fogo com todas suas coisas dentro. Depois de salvar seus entes queridos e seus bichos de estimação, sobra tempo para fazer uma última incursão e salvar um único objeto. Qual escolheria? Por quê?

Minha lapiseira. Porque escrevo e desenho com ela há vinte anos sobre Hideo, Nara e Yuki.

– Quando foi a última vez que chorou na frente de alguém? E sozinho?

Hoje. Agora. Na sua frente. Quando você sair da minha frente.

Enfim, essas são algumas perguntas. Mas nem precisaria terminar o questionário porque nessa altura do campeonato já estaria falando sozinha há tempos.

Como sempre fiquei.

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s