Quem guarda tudo em segredo vive numa ilha.

screenshot_20171117-0846591334360742.jpg

Levar Yuki à escola pode, por vezes, significar irmos juntos a lugares inusitados dendagente.

Outro dia, fomos até a estratosfera ver Dominguinhos sanfonar enquanto voava. Cheguei a escrever sobre isso. Hoje, assim que Casuarina começou a cantar Caymmi, Yuki já se manifestou:

– Bonito isso, mãe…

Sim. Estava divino.

O ponto é que logo depois na minha playlist vinha algo na sequência não muito, digamos, nobre. Caça e Caçador com Fábio Júnior.

Bicho. Devo confessar. Eu me transformo em outro ser quando ouço o refrão de Caça e Caçador, mais precisamente, uma lagartixa no cio.

Fiquei nervosa.

A vida é muito curta e a distância de casa até a escola muito menor. Usar esse lapso de tempo para apresentar Fábio Júnior para uma criança sensível como Yuki pode significar um desperdício tão precioso quanto feriado no domingo ou olhos claros em gente feia – e Deus me perdoe por essa.

Vocês me entenderam.

O futuro do Brasil estava em minhas mãos.

Enquanto pensava sobre a minha responsabilidade com o equilíbrio do universo, Fábio Júnior foi mais rápido do que eu.

Como é que eu posso dizer não
Fugir do paraíso
Você me faz o que eu sou
Caça e caçador

Num impulso, meti a mão no volume do rádio para baixar. Mas o instinto de caçadora assim como o sangue de Jesus tem muito poder e acabei girando o botão com força no sentido horário.

Bradei:

– A gente nem pensa na hora! Passa dia e noite assim! O amor não tem que ser uma história! Com princípio, meio e fim!

Pronto. É mais forte que eu sempre. Lá estava a lagartixa rebolando de olhos fechados ao volante com os braços para cima como um boneco de posto em um sinal fechado da Intendente Magalhães.

– Mas o que está acontecendo aqui? perguntou a criança rindo.

– Filho, esquece. Isso é brega demais…

– Isso é música chiclete. O refrão gruda no nosso cérebro!

O estrago já estava feito. Peguei rápido a letra na internet e dei para ele ler e cantar comigo a segunda parte.

Lá estávamos nós em plena setimeia da manhã de sexta-feira aos berros dentro do Pafúncio (o nome do Takimóvel):

Não há mistérios na paixão!
Verdades ou mentiras!
A gente é o que é!
Homem ou mulher!

– Pode ser homem com homem também, meu filho!

– Eu sei, mãe!

– Solta a franga! Aumenta tudo!

Mas se um grande prazer!
Rola pelo ar!!
Brilhante como uma estrela!
Leve e louco sem pressa de acabar!

É isso, gente. Nem sempre acerto (na verdade quase nunca). Hoje, porém, tenho lá minhas dúvidas se me excedi.

Resolvi compartilhar essa história porque sabem como é né. Como diz o mestre: quem guarda tudo em segredo vive numa ilha.

Se fiz bem ou mal para o cosmos só o futuro dirá.

1 comentário

Arquivado em Crônicas

Uma resposta para “Quem guarda tudo em segredo vive numa ilha.

  1. Minhas filhas já não são crianças, mas às vezes me pego assim também, só que cantando Roberto Carlos.

    Curtido por 1 pessoa

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s