A História do Meu Novo Amor

Apaixonei-me assim que o vi. Foi mais forte que eu. Tenho que confessar. Nelson, meu marido, não estava por perto. Sorte do meu novo amor que teve meu olhar todo para ele logo na primeira vez que o vi. Desde então, tento me controlar, ocultar, não dar tanta bandeira, mas não consigo mais guardar isso só para mim. Tive uma longa conversa com o Nelson e ele me disse que já estava sentindo que eu não era só dele há tempos. Então, não faz mais sentido esconder de ninguém. Por isso hoje resolvi revelar para todos a história do meu novo amor.

Meu novo amor…Sempre me surpreende com uma flor escolhida meticulosamente, o gesto universal dos apaixonados. Outro dia, ao ver uma folha bonita, agora vejam, arrancou-a de uma planta que desconhece o nome, ofereceu-me com todo carinho e um beijo molhado (Como resistir?). Fica horas ao meu lado lendo. Emociona-se quando conto minhas histórias. Temos jantado juntos em alguns dias da semana. Dengoso, gosta que eu dê a comida na sua boca. Completamente infantil, muitos diriam, mas é capaz de me dar um carinho que Nelson jamais me ofereceu. Tem um ciúme que além de não me incomodar me fortalece como mulher. Possessivo como ele só. Se andamos na rua juntos ele (com uma certa prudência) pega com força na minha mão toda hora com medo de que me levem dele.

Coincidentemente, também curte um samba. Quando Nelson saía, não sei se é falta de respeito e sinceramente, cansei de me preocupar com isso, mas eu e meu novo amor ouvimos alguns CDs da coleção de meu marido em que rola um  ziriguidum. E como nos divertimos, meu deus. Quando nos conhecemos, Nelson trabalhava embarcado e nos quinze dias em que ele ficava na plataforma, que se dane o que vão pensar de mim, mas eu pensava se deveria chamar o meu novo amor para dormir ao meu lado. Quando eu não resistia, ele vinha sorrindo sempre e dormíamos abraçados a noite toda.  As amigas diziam que eu estava cometendo um erro pelo qual me arrependeria pelo resto da vida, que isso poderia causar danos irreversíveis ao meu casamento, como realmente aconteceu, mas eu simplesmente não conseguia fazer diferente e de nada me arrependo. Pois…

Meu novo amor… ah, meu novo amor perde com magnificência e um certo charme todos os meus marcadores de texto. Bagunça a minha vida. Totalmente irresponsável, me liga no meio de uma reunião para falar bobagens. Jamais pegou elevador sozinho. Toma banho comigo sempre quando Nelson não está em casa, anda pelado pelo quarto quando estamos sós para se exibir para mim e ainda me pede para eu cortar as suas unhas. Completamente sem noção e eu não consigo não achá-lo divertido.

Parece que gosta que eu cuide do corpo dele e de seu asseio. Mas também fica horas lavando as minhas costas, já lambeu muito meu joelho e sempre foi louco pelos meus seios. Agora anda com mania de olhar para meu corpo nu e fazer perguntas que me deixam um pouco constrangida. Pergunta-me porque uso maquiagem e diz que eu fico linda de qualquer jeito. Desmancha meu cabelo. Beija as minhas pernas e faz barulho com a boca no meu umbigo.  E eu rio como as que já não respondem mais por si.

Não sabe dirigir e adora andar de trem. Como todos os homens, gosta de futebol e de videogame. Um menino praticamente. Aliás, tenho que confessar…ele é bem mais novo que eu. Já tive vergonha por isso, mas superei. Faz bem para minha auto-estima.

Vaidoso. Não tem pelos pelo corpo. Não usa desodorantes. Não bebe. Corre todo dia. Tem uma alimentação toda balanceada. Olhos castanhos, cabelo pretinho e a pele bem clara. Lindo.

E, um detalhe mais íntimo, quando tem dor de barriga exige a minha presença ao lado dele. Eu o abraço, faço carinho na barriguinha lisinha, linda, canto uma musiquinha e tudo acontece. Ele pede sempre para eu limpá-lo de uma forma que eu não consigo dizer não. Problema universal dos que amam.

Tem um nome cujo significado para mim é bem apropriado: felicidade.

Nos conhecemos há cinco anos e o meu amor por ele só aumenta.

Yuki, meu filho, meu tudo.

🙂


12 Comentários

Arquivado em Crônicas, Yuki

12 Respostas para “A História do Meu Novo Amor

  1. Elika, Confesso que quando fui sua aluna não curtia muito as aulas de física (só pela matéria!), mas essas suas aulas de vida são lindas, maravilhosas. Não há um texto seu que não me emocione. beijos!

    Curtir

  2. Juliana,Obrigada pelo comentário. Fico triste por não ter conseguido fazer vc gostar de física, mas muito feliz por ter emocionar de uma outra maneira.Mil beijos procê!

    Curtir

  3. Parabéns!Está muito bom!Só acho que não é só o Nelson que vai ter ciúmes…Beijos, Elise.

    Curtir

  4. heheheeeeA Nara reina nas minhas histórias.Do Hideo que tenho pouca coisa escrita…O Yuki foi o escolhido porque foi quem me permitiu brincar com o texto.Não tem nada a ver com ele ser o caçulinha e mega fofurésimo não. =)Beijos e obrigada

    Curtir

  5. Faço das palavras da Juliana, as minhasQue texto lindo… acho incrível sua capacidade de escrever com alma e coração. Ah, e suas aulas de Física eram tão boas quanto suas ''aulas de vida'', pois ao te ver lecionar tambem se sente que é algo que você faz com alma e coração. Eu e sua matéria que nunca fomos muitos fãs uma da outra, risos.Mas sou sua fã… e viva a minha coragem de comentar pela primeira vez depois de tanto tempo acompanhando seu blog =)beijos de admiração, Caroline Valle

    Curtir

  6. Mil vivas para a sua coragem, Caroline!Mil vivas!!!!Dei cambalhotas de felicidade com seu comentário! Elogio de ex-aluna é o que há. Saber que te toquei de duas formas é tudo de bão!!!!Beijos de agradecimento, LK

    Curtir

  7. Genial o seu texto, Elika.Simplesmente espetacular.Beijos =D

    Curtir

  8. Muito obrigada, Thiago!Beijos

    Curtir

  9. Me apaixonei pelo seu blog, Elika!!

    Curtir

Participe! Comente você também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s